Quais são os direito do trabalhador quando a empresa vai a falência?

Postado dia 19/06/2013

Neste caso, é muito comum que o trabalhador não saiba o que fazer ou o que de fato tem direito a receber, ou ainda, o que é de dever da empresa pagar aos funcionários. Já que a empresa falindo, significa, em princípio, que não tenha recursos para dar segmento nos negócios.

Caso a massa falida (empresa) venha realmente a fechar as portas, e não pague ao funcionário os seus direitos, é preciso que este procure imediatamente um advogado trabalhista, para solicitar sua demissão em juízo, e tentar assegurar que suas verbas rescisórias sejam pagas. As verbas rescisórias em caso de falência são as mesmas para uma demissão sem justa causa. Os benefícios são: salário, férias, 13º salário, FGTS e seguro desemprego.

Para isso, o trabalhador deverá juntar todos os documentos que o liguem à empresa, tais como carteira de trabalho, holerites, crachás, ou outros que possam indicar vínculo com a mesma. (Lembrando que mesmo que um trabalhador não tenha carteira assinada, juntando provas de vínculo com a empresa, ele também poderá recorrer.) Com todo estes documento em mão, o advogado entrará com uma ação trabalhista contra a empresa, expondo toda situação, possíveis danos que o empregado tenha sofrido em função do fechamento da empresa.

Em relação ao pagamento, a massa falida deverá arrecadar os valores para a quitação dos débitos. De acordo com a Lei, em caso de falência da empresa os trabalhadores devem ser os primeiros a receber, desde que sejam valores até 150 salários mínimos. Esses recursos poderão provir de bens da empresa, ou em determinados casos, de bens do administrador da massa falida.

 

Fonte: Jusbrasil, com adaptações.

Parceiros

Fotógrafo de Casamento
Após me dedicar e estudar muito, vi que a fotograf...
www.guilhermepignone.com.br
EDS - Soluções em Produto...
Possui produtos químicos e biológicos para utiliza...
www.eds.ind.br
Boni imóveis
A Boni Imóveis foi fundada em 13 de julho de 1994....
www.boniimoveis.com.br

Contato

(51) 3723-2535
Também estamos no Também estamos no Facebook